Cólicas em Recém-nascidos: Como Cuidar e Aliviar esse Desconforto!

As cólicas em recém-nascidos são momentos difíceis que transformam a rotina de toda família, uma vez que deixam o bebê irritado e choroso, mas sem aparente motivo. O que deixa os pais preocupados e estressados.

Está passando por isso e procura dicas de como melhorar esses desconfortos? Continue lendo e saiba informações relevantes que irão ajudar a superar essa fase!

bebê chorando cólicas em recém-nascidos

Cólicas em recém-nascidos

Bebê chorando muito, irritado, com as perninhas dobras de tanto incômodo? São as cólicas em recém-nascidos, uma fase de adaptação e maturidade do sistema gástrico que causa desconforto durante os primeiros meses de vida.

Contudo, é importante lembrar que com o passar do tempo elas melhoram e mesmo durante os principais sintomas, com algumas dicas e métodos é possível aliviar, ajudando o bebê a superar esse difícil momento.

Primeiramente, é importante falar que as cólicas em recém-nascidos começam geralmente, a partir da 2ª semana estendendo-se até o 3º mês de vida. E elas irão ocorrer independente do tipo de alimentação, isso é seja leite materno ou fórmula.

Isso porque, como já mencionado anteriormente, o sistema gástrico que envolve os intestinos, ainda não funciona corretamente. Segundo médicos, como ainda é muito novo, esses órgãos durante o funcionamento realizam contrações que resultam nos desconfortos sentidos pelo bebê.

Diante disso, para vários especialistas, remédios não são recomendáveis e também não apresentam bom desempenho, uma vez que é uma função normal de maturidade do organismo. Assim, para os pais e familiares a primeira e principal dica é manter a calma, pois em algum momento isso vai passar.

Mas, apesar disso, algumas dicas simples podem diminuir as dores e desconfortos, auxiliando na interação de toda família. Assim, confira!

bebê com cólica

7 Dicas de como aliviar as cólicas em recém-nascidos

  • Faça massagens no abdômen do bebê;
  • Realize exercícios com as perninhas;
  • Coloque bolsa de água morna na barriga do neném;
  • Segure o bebê com a barriga para baixo;
  • Dê banhos mornos;
  • Fique com o bebê no colo pele com pele; e
  • Trate-o com muito carinho, amor e calma.

Agora, para entender melhor cada uma dessas dicas, abordaremos cada um para aplicar desde já, melhorando assim as cólicas em seu recém-nascido. Veja!

Faça massagens no abdômen do bebê

Enquanto o bebê ainda é pequeno, as massagens são muito aconselháveis para confortar em momentos de dor e desconfortos. E isso não seria diferente com as cólicas, visto que o toque e a leve pressão podem estimular o melhor funcionamento do sistema gástrico, entre outros.

Assim, após o banho ou quando bebê apresentar dores, faça uma massagem com movimentos circulares e em sentido horário, o que ajudará a estimular o alívio e melhor funcionamento.

Igualmente, caso tenha conhecimento sobre técnicas de shantala, essa pode ser uma ótima opção que além de agir na dor abdominal, também irá deixar o bebê mais tranquilo e relaxado.

massagem para amenizar cólicas em bebês

Realize exercícios com as perninhas

Durante as cólicas em recém-nascidos, um fator que incomoda e também gera bastante desconforto são os gases. Eles além de causarem bastante dores, também deixam a barriguinha do bebê rígida e com a impressão de inchaço.

Diante disso, uma ótima dica é realizar exercícios com as perninhas de bicicletinha e também dobrando sentido e abdômen e voltando de forma repetitiva. Com o passar de alguns minutos será possível perceber que o bebê estará mais aliviado e com menores incômodos.

Contudo, é importante verificar se ao fazer esse método o bebê está sentindo-se bem e confortável. Caso ele relute muito em realizar esses exercícios, busque outra forma de aliviar e tente repetir esse processo em outro momento.

exercícios com as pernas

Coloque bolsa de água morna na barriga do neném

A temperatura morna geralmente apresenta conforto e alívio em situações de cólicas. Com isso, ao perceber os choros irritados, entre outros principais sintomas, coloque uma bolsa de água morna na região do abdômen da criança.

Essa bolsa pode ser a usada por adultos para tratar dores musculares, envolta de uma toalha ou fralda. Bem como, cintas próprias para tratar essas cólicas em recém-nascidos. Porém, é importante saber que a temperatura deve estar levemente morna, lembrando que a pele do neném pode ser muito sensível ao calor.

Deixe a bolsa de água morna na barriga do bebê por aproximadamente 15 minutos e acompanhe se aos poucos esse método causa conforto e alívio nas dores. Repita sempre que necessário e intercale com outros.

Segure o bebê com a barriga virada para baixo

Outro método que costuma funcionar com grande parte dos bebês é segurá-lo no colo, porém com a barriga virada para baixo.

Para esse, não há comprovação científica, porém até mesmo os médicos identificam essa forma como muito eficaz no alívio, fazendo também com que o bebê elimine os gases, diminuindo a sensação de barriga endurecida.

Da mesma forma, colocar o bebê deitado na cama ou no abdômen da mãe de barriga para baixo também apresenta melhoras. Com isso, durante os momentos críticos de dores, deixe-o nessa posição por alguns minutos. E geralmente, após 10 minutos o neném irá começar a ficar mais calmo e aliviado.

como aliviar cólicas em recém-nascidos

Dê banhos mornos para aliviar as cólicas em recém-nascidos

Normalmente, nos casos de dores e cólicas em recém-nascidos, os banhos mornos são muito funcionais, pois deixam-no mais tranquilo e aliviado dos desconfortos. Assim, prepare a banheira infantil com água em temperatura amena e agradável.

Coloque-o sentado ou recostado de maneira confortável e se possível, também crie um ambiente relaxado com a luz baixa e músicas calmas, visto que, isso também poderá estimular o alívio das dores.

Em relação aos banhos, muitas famílias também indicam o uso do ofurô para bebês. Visto que nele o neném ficará com as perninhas dobradas, assim como, encostado de forma adequada que também irá ajudar a amenizar as cólicas liberando os gases.

Com isso, verifique a melhor opção e invista nos banhos mornos, uma vez que podem estimular diversos benefícios, inclusive aqueles relacionados ao sono.

banho no ofurô para cólicas em recém-nascidos

Fique com o bebê no colo e mantenha a pele com pele

Quando o bebê começa a ficar muito choroso e irritado devido as dores de cólica é comum que os pais logo peguem a criança no colo, a fim de acalentá-lo. E realmente essa ação surte efeito, uma vez que, o contato pele com pele ainda mais em recém-nascidos, ajuda na sensação de conforto e proteção.

Assim, logo que começar as crises de cólicas e dores intensas, pegue seu filho ou filha no colo e deixe a barriguinha dele encostado a sua. O calor natural e a respiração irão surtir efeito em alguns minutos.

Se possível, também tire a roupinha da criança deixando-a só de fralda, fazendo com que haja o contato na área do abdômen da pele da criança com a da mãe ou pai. Da mesma forma, isso tende a tranquilizar e suavizar as dores.

Trate-o com muito carinho, amor e calma

No momento crítico de dores intensas ao ver o filho ou filha sofrendo, algumas mães e pais ficam muito estressados e nervosos, o que pode influenciar no bem-estar da criança. Com isso, tente ficar calmo e segure-o no colo pelo o tempo necessário ou até perceber melhora nos sintomas.

Cantar músicas, fazer carinhos e barulhinhos que agradem a criança também podem estimular a tranquilidade, visto que eles irão perceber o cuidado e amor, resultando em sentimento de cuidado e afago.

Durante esse momento, também é importante que a pessoa que esteja com a criança no colo mantenha uma respiração calma e estável, visto que, como ele estará encostado no corpo, sentirá esse estímulo e também ficará mais tranquilo.

Assim, relaxe e caso não consiga manter o equilíbrio diante do choro e nervosismo do neném, peça ajuda de outra pessoa, evitando situações de estresse que podem afetar a todos.

mãe e bebê

A calma dos pais influencia as dores de cólicas em recém-nascidos

O sentimento e reação dos pais, mesmo que de forma imperceptível, influenciam muito no bem-estar infantil. Com isso, diante de momentos complicados como as dores de cólicas e nascimento dos dentes, busque manter a calma e tente lembrar que tudo é uma fase que logo irá passar.

Crescer não é fácil! E sem querer, causa dores e desconfortos que nem sempre são possíveis de expressar. Com isso, tente ser compreensiva e se necessário, não fique acanhada de pedir ajuda de terceiros ou médicos.

E caso seu bebê tenha acima de 4 meses e ainda continua com as cólicas, busque por auxílio de especialistas, a fim de identificar o real motivo. Igualmente, antes de 6 meses também evite dar chás ou outras receitas caseiras, uma vez que a exclusividade do leite materno é indicada até 1 ano de idade.

E se o seu bebê faz uso de leite de fórmula e continua com os sintomas, procure por um médico pediatra para identificar qual a melhor maneira de solucionar o desconforto.

A alimentação da mãe não influencia nas cólicas em recém-nascidos

Segundo médicos especialistas, a alimentação da mãe não influencia nas cólicas dos bebês, uma vez que não há comprovação científica para essa afirmação. Isso só irá ocorrer caso o recém-nascido tenha alergia a algum alimentos, como por exemplo, o leite de vaca.

Com isso, ao perceber a incidência de cólicas após ingerir algum tipo de comida, faça testes e caso haja associação das ocorrências, suspenda a ingestão. Isso poderá indicar tolerância a alguns ingredientes. Assim, vale ter atenção!

como aliviar as cólicas em recém-nascidos

Gostou das dicas de como tratar as cólicas em recém-nascidos? Deixe seu comentário!

Lara Janaína Theodoro, mãe da Sara e fã de assuntos relacionados a moda, beleza, maternidade, entre outros sobre o universo feminino. Desde 2018 atua como redatora, trazendo sempre para seus artigos um pouco da sua vivência e experiência como mãe e mulher.

Deixe um comentário