7 Semanas de Gravidez

Com 7 semanas de gravidez você fica próximo do segundo mês de gestação e isso provavelmente indica que o processo está caminhando mais rápido do que você imaginava (vai por mim: a gravidez passa muito rápido!).

Nesse período a produção do hormônio beta-hCG permanece em alta fazendo com que alguns sintomas da gravidez também são bem constantes, mas a boa notícia é que o desenvolvimento do seu bebê está indo muito bem.

Além disso, é bem provável que suas dúvidas e incertezas estejam menores em relação a gravidez e o entusiasmo já esteja tomando conta! Mas acalme-se: não é agora ainda que você começa a sentir os chutes ou descobre o sexto do bebê, ok?

Criamos esse post para que você saiba detalhadamente quais são os principais sintomas e acontecimentos da 7ª semana de gravidez. Confira a seguir.

Principais sintomas 7 semanas de gravidez

Como foi dito anteriormente, nessa etapa da gestação os hormônios beta-hCG estão em alta e isso faz com que alguns sintomas da gravidez sejam constantes e bastante acentuados. Vale lembrar que não são todas as mamães que os sentem, e, se você chegou até esse momento sem sentir nenhum sintoma muito aparente, é bem provável que isso vai perdurar até o fim do período gestacional.

Confira abaixo quais são os principais sintomas da 7ª semana de gravidez:

Enjoos frequentes

Assim como na 6ª semana, os enjoos continuam frequentes, principalmente pela manhã ou ao sentir determinados odores. Porém, é de extrema importância que as gestantes tentem conviver com esse incômodo da melhor maneira possível para que continuem se alimentando de forma adequada e balanceada. Caso contrário, elas poderão acabar afetando o desenvolvimento do bebê que precisa dos nutrientes dos alimentos para tal ou até mesmo a sua própria saúde.

Dores de cabeça

As dores de cabeça com 7 semanas de gravidez também começam a aparecer devido à alta produção de hormônios. Para aliviá-las, tente se manter o mais descansada possível e não esqueça de hidratar-se corretamente.

Cólicas abdominais

As cólicas abdominais durante a gravidez são bem semelhantes às que sentimos durante o período pré-menstrual e não costuma ser um motivo de preocupação. Caso elas sejam constantes ou estejam acompanhadas de: dor no pescoço, dor nos ombros, contrações, sangramento e/ou tontura, a orientação é que você procure imediatamente o seu médico para que ele possa avaliar a sua gravidez.

Mudanças no paladar

Certamente você já ouviu falar que grávidas sentem desejo, certo? Então… Isso justifica devido a mudança no paladar durante a gestação. Por exemplo: alimentos que elas sempre gostaram pode causar certa aversão e da mesma forma que algo que ela nunca gostou ou algo bastante exótico pode parecer bem apetitoso.

Essa mudança tende aparecer justamente durante a 7ª semana de gravidez e o melhor a se fazer é deixar que suas vontades te indiquem sobre o que comer ou não, mesmo que seja inesperada. Mas lembre-se sempre de ter cautela pois você está passando por um momento que a alimentação regrada e balanceada é, além de importante, essencial para a saúde e bem-estar da mamãe e do bebê.

Micção frequente

Esse é um sintoma que possivelmente você já vem sentindo desde as primeiras semanas de gravidez e a tendência é que permaneça durante as próximas semanas devido à pressão que o útero faz na bexiga. Então o ideal é que você se acostume com as idas frequentes ao banheiro e adapte sua rotina para isso.

Por exemplo: se você estiver acordando muitas vezes durante a noite para fazer xixi, uma boa recomendação é evitar o consumo de muita água antes de se deitar. Dessa forma você faz com que não haja um acúmulo muito grande de líquidos na bexiga a noite e a probabilidade de ter que levantar várias vezes para ir ao banheiro é menor.

7 semanas de gravidez são quantos meses?

Essa é uma dúvida de muitas mamães de primeira viagem e vamos confessar que a contagem através de semanas é realmente bastante confusa. Mas tente entender da seguinte forma: de acordo com as contas médicas, o primeiro mês é contabilizado a partir da 4ª semana de gravidez, logo, com 7 semanas de gestação você está quase entrando para o segundo mês de gestação.

O que acontece no corpo da gestante com 7 semanas de gravidez?

corpo gestante com 7 semanas de gravidez
Entenda o que acontece com o organismo da gestante com 7 semanas de gravidez.

Além dos sintomas descritos acima e da alta produção do hormônio beta-hCG (que por sua vez tende a diminuir nas próximas semanas), com 7 semanas de gestação já é possível sentir uma alteração bastante sutil na barriga da mamãe. Isso é decorrente ao inchaço do útero que pode começar a ficar visível em alguns casos.

Como anda o desenvolvimento do feto nas 7 semanas de gravidez?

O desenvolvimento está acontecendo de forma constante e bastante intensa. Durante a 7ª semana de gravidez o bebê é bem menor que a placenta, o cérebro e a cabeça se desenvolvem rapidamente, seus olhinhos que antes ficavam na lateral da cabeça já começam a se aproximar, os dedos já podem ser observados e os cotovelos já possuem movimentos.

É também nesse período que os órgãos do bebê começam a se desenvolver com maior intensidade, embora ainda não exerçam nenhuma função. Enfim, no geral o desenvolvimento já está bem avançado e o bebê já consegue inclusive se mexer, ação que só será percebida pela mamãe na 18ª semana de gestação.

Qual é o tamanho do feto nas 7 semanas de gravidez?

O tamanho do seu bebê na 7ª semana de gestação é de aproximadamente 8 milímetros, ou seja, o feto já está maior que um grão de feijão.

O que fazer na 7ª semana de gravidez

hidratação e atividade fisica na gravidez
Hidratar-se corretamente é uma das preocupações que você precisa ter durante toda a gravidez.

Saber que sua gestação está indo bem não é motivo para se descuidar. Muito pelo contrário, é mais uma alerta de que você deve continuar cuidando da sua saúde e bem-estar para garantir perfeitas condições de desenvolvimento para seu pequeno. Pensando nisso, confira o checklist do que você deve fazer durante essa semana. Veja só:

  • Tenha hábitos saudáveis: os hábitos saudáveis vão desde a uma alimentação regrada e balanceada (preferencialmente com acompanhamento de um nutricionista), a suplementação vitamínica, até a prática de atividades físicas que contribuem para a sua gravidez (a ioga costuma apresentar bons resultados). Mas atenção: antes de tomar qualquer decisão a respeito da alimentação, vitaminas ou atividades físicas, lembre-se sempre de consultar o médico que está te acompanhando para que ele possa te dizer se é realmente indicado para seu caso específico.
  • Hidrate-se bem: uma boa hidratação é essencial para um bom funcionamento do intestino, para a circulação sanguínea, para evitar os inchaços abdominais, para a pele e cabelo, além de vários outros benefícios para pessoas gestantes ou não. Portanto, lembre-se sempre de hidratar-se corretamente.
  • Descanse bastante: um dos sintomas mais presentes no início da gravidez é o cansaço e sonolência excessivos e para evitar que isso afete a sua saúde e a do seu bebê é essencial que você descanse sempre que possível e tenha uma noite de sono regular (de, no mínimo, 8 horas por noite).
  • Certifique-se que suas vacinas estão em dia: outra atividade para essa semana é verificar se as suas vacinas estão em dia. Caso você sinta falta de alguma, antes de tomá-la, entre em contato com seu médico para ver se há alguma contraindicação da vacina para gestantes. A vacina de gripe, por sua vez, é importante que você a tome assim que a campanha de vacinação se iniciar.
  • Verifique o ponto da carne que você come: as carnes cruas ou mal passadas podem estar contaminadas com a bactéria Salmonela, que, ao ser contraída pela gestante, pode causar graves danos ao bebê. Portanto, lembre-se sempre de verificar o ponto da carne que você está comendo para não correr risco da contaminação e dê preferência para refeições feitas em casa.
  • Visite o médico obstetra frequentemente: com 7 semanas de gravidez é bem provável que você já tenha iniciado seu pré-natal. E, se ainda não começou, busque um médico de sua confiança urgentemente! E é provável também que o médico já a tenha informado quais são as próximas datas das consultas e com qual frequência ele vai querer que você vá para acompanhamento da gestação. Portanto, é importantíssimo que você acompanhe essas datas sem faltar às consultas para não colocar em risco a sua saúde e a saúde do seu filho. Se porventura você não conseguir ir no dia e horário agendado, ligue para o consultório e tente remarcar para uma data próxima.

E aí? Conseguiu esclarecer suas dúvidas a respeito da 7ª semana de gestação? Esperamos que sim! Agora é hora de se cuidar para ter uma gravidez saudável.

Caso você tenha ficado com alguma dúvida em relação a esse assunto, não deixe de comentar nesse post para que possamos esclarecê-la.

E se quiser continuar acompanhando a gravidez semana a semana, basta acessar o nosso blog nos próximos dias. Em breve publicaremos os posts referentes às semanas seguintes para que você fique por dentro de tudo que acontece durante todo o período gestacional.

Te esperamos por aqui! Até a próxima.

Deixe um comentário