33 Semanas de Gravidez

As 33 semanas de gravidez, que equivale as 8 meses de gestação, é marcada pelas movimentações mais intensas do bebê que por sua vez já está bastante desenvolvido. Os chutes e pontapés podem ocorrer a qualquer hora do dia e podem até mesmo dificultar o sono da mãe.

Durante esse período o esperado é que o bebê já tenha virado de cabeça para baixo, posição ideal para o parto normal. Mas caso o seu bebê ainda permaneça sentado, há alguns exercícios que são seguros e recomendados a se fazer para auxiliá-lo.

Se você quiser saber quais são esses exercícios e os demais acontecimentos e sintomas da 33ª semana gestacional, basta acompanhar esse post. Separamos as principais informações que você precisa saber sobre esse período para garantir saúde e bem-estar a você e o seu bebê. Confira!

Sintomas com 33 semanas de gravidez

Com 33 semanas gestacionais a mamãe está cada vez mais perto do fim da gravidez e com isso os sintomas gestacionais tendem a ficar mais intensos e constantes. Seguir as orientações médicas e principalmente manter as consultas de pré-natal em dia é essencial para evitar que os sintomas sejam tão incômodos e preocupantes.

Confira abaixo quais são os principais sintomas da 33ª semana de gravidez:

Ganho de peso aumentado

Se antes você estava acostumada a ganhar 500 gramas por semana, nessa etapa gestacional pode acontecer desse aumento de peso se intensificar. Por isso é de extrema importância que você siga uma alimentação saudável e balanceada para que esse índice não aumente muito mais do que o previsto e com isso prejudique a sua saúde ou a de seu bebê.

Ah, e mais uma observação: o peso do bebê não está necessariamente relacionado ao seu peso e/ou tamanho de sua barriga. Por exemplo: se você ganhou mais de 10 quilos durante a gestação, não indica que o seu bebê irá pesar mais.

Dores nas costas

À medida que o bebê vai desenvolvendo, a tendência é que as dores nas costas vão aumentando. Portanto, o que podemos te dizer é que esse é um sintoma que tende a te acompanhar até o fim da sua gravidez. Para que não seja tão incômodo, tente se manter o mais descansada possível, fazendo pequenos intervalos ao longo do dia e mantendo uma noite de sono regular.

Dores nas pernas

Suas pernas também poderão doer devido ao peso que a barriga faz, junto a retenção de líquidos. Para aliviar esses sintomas, mantenha as suas pernas elevadas sempre que possível, use sapatos confortáveis, faça caminhadas leves diariamente e siga as demais orientações do seu médico.

Desconforto durante as refeições

Com 33 semanas de gravidez o seu útero já está bastante aumentado, a ponto de pressionar as suas costelas e causar desconforto durante as refeições. Com isso é provável que você tenha alteração no seu apetite, mas lembre-se que a alimentação correta é essencial para proporcionar ao feto os nutrientes essenciais para seu crescimento e desenvolvimento.

Aparecimento de cólicas leves

Neste período é comum que a gestante apresente cólicas leves ao decorrer do dia. Se este for o seu caso, o indicado é que você opte por uma respiração profunda, soltando o ar pela boca, além da realização de caminhadas leves (caso o médico te autorize).

Portanto, se o sintoma persistir ou for muito intenso, não deixe de comparecer a uma emergência para que possa ser consultada e avaliar a possibilidade de parto prematuro ou qualquer outra complicação na sua gestação.

Retenção de líquidos

sintomas 33 semanas de gravidez
Para evitar a retenção de líquido na gravidez, é ideal que você beba bastante líquido diariamente.

A retenção de líquidos é mais um sintoma comum nas 33 semanas gestacionais, que acaba ocasionando o inchaço nas mãos, pernas e pés. Para evitar que este sintoma apareça, você deve se hidratar corretamente todos os dias. Entretanto, caso a retenção ocorra em excesso, consulte um médico para que ele possa averiguar se você está passando por uma condição chamada pré-eclâmpsia, que se caracteriza pela elevação da pressão da gestante que pode afetar até mesmo as mulheres que nunca tiveram problemas com pressão antes.

Micção frequente

Este é um sintoma que te acompanha durante quase todo período gestacional e o fato é que ele vai continuar persistente durante as 33 semanas de gravidez devido a pressão que o útero faz sobre a bexiga, diminuindo o seu reservatório. Portanto, crie o hábito de ir ao banheiro de tempos em tempos, não consuma líquido exageradamente durante a noite e se possível evite frequentar lugares que não te dão acesso fácil a um toilette.

Alterações na gestante com 33 semanas de gravidez

As principais alterações na mamãe nas 33 semanas de gestação estão relacionadas ao seu peso e ao aumento dos sintomas gestacionais. Para que estes incômodos não sejam tão grandes, é essencial que a mamãe:

  • Cuide da sua alimentação, mantendo um plano alimentar saudável e balanceado;
  • Hidrate-se corretamente todos os dias, bebendo ao menos 2 litros de água;
  • Descanse bastante, fazendo pequenos intervalos durante o dia e priorizando uma noite de sono regular;
  • Faça o acompanhamento pré-natal rigorosamente, seguindo as datas das consultas estipuladas pelo médico.

Desenvolvimento do feto com 33 semanas de gravidez

Nas 33 semanas de gravidez o desenvolvimento do feto já está quase completo. E um dos aspectos que mais se destacam é a sua audição: ele já consegue distinguir com muita clareza a voz da mamãe e inclusive se acalma quando a escuta. Além disso, ele já está bem habituado com o som do coração, da digestão e da voz da sua mãe e sempre que escuta um som diferente, ele se assusta e pode até mesmo saltar com sons graves desconhecidos.

acontecimentos com 33 semanas de gravidez
Veja quais são os acontecimentos referente ao desenvolvimento do feto durante as 33 semanas de gravidez.

Veja outros acontecimentos importantes que marcam a 33ª semana gestacional:

  • Já se pode observar os movimentos dos dedinhos das mãos ou dos pés durante as ultrassonografias;
  • Os ossos do bebê estão ficando cada vez mais fortes, embora os ossos da cabeça ainda não tenham se fundido;
  • As enzimas digestivas já estão presentes permitindo que o bebê já consiga digerir o leite ao nascer;
  • A quantidade de líquido amniótico chegou ao seu limite;
  • É provável que o bebê vire de cabeça para baixo durante essa semana. Porém caso isso não aconteça basta você acompanhar nossas dicas a seguir;
  • E, se você estiver grávida de gêmeos, é bem provável que a data do parto esteja bem próxima pois nesse caso a maior parte dos bebês nascem antes das 37 semanas.

Qual é o tamanho do feto com 33 semanas de gravidez?

O bebê na 33ª semana gestacional mede aproximadamente 43,7 centímetros, o que equivale ao tamanho de um melão cantaloupe, e o seu peso estimado é de 1.918 quilos.

33 semanas de gestação equivale a quantos meses?

Com 33 semanas gestacionais a gestante está nos meados do 8º mês de gravidez, ou seja, a contagem regressiva para o parto está cada vez menor e com isso os cuidados da mamãe precisam se intensificar cada dia mais.

Quais são os exercícios indicados para ajudar o bebê a virar de cabeça para baixo?

Como foi dito acima, o esperado é que nessa etapa da gestação o bebê já esteja virado de cabeça para baixo. Portanto, se isso ainda não aconteceu, não se desespere! Você pode fazer alguns exercícios diários para contribuir que o bebê chegue na posição ideal até a 37ª semana de gravidez. veja abaixo quais são:

  • Exercício 1: coloque um colchão ou almofada no chão e, na posição de quatro apoios, abaixe a sua cabeça e eleve o seu bumbum, ficando apenas com a cabeça e os seus braços apoiados no chão. O ideal é que você permaneça nessa posição por um período de 10 minutos e repita esse movimento de 3 a 4 vezes diariamente.
  • Exercício 2: coloque uma almofada no chão próxima da sua cama ou do sofá e, em seguida, fique com os joelhos dobrados em cima da cama ou do sofá, inclinando o corpo para frente até chegar com as mãos no chão. Feito isso, apoie sua cabeça nos braços, que devem estar em cima da almofada, mantendo seus joelhos firmes por aproximadamente 10 minutos.
  • Exercício 3: Deite-se no chão ou colchonete com as pernas dobradas e em seguida eleve seu quadril o máximo que você conseguir. Se achar necessário, coloque uma almofada embaixo das suas costas para auxiliar que seu quadril se mantenha elevado. Fique nessa posição por cerca de 5 a 10 minutos e repita o movimento 3 vezes ao dia.

Bom, esperamos que você tenha compreendido quais são os principais sintomas, acontecimentos e providências das 33 semanas de gravidez. caso tenha ficado com alguma dúvida referente a este assunto, não deixe de comentar nesse post que nós te esclarecemos.

Ah, nunca se esqueça que todo conteúdo apresentado aqui é com intuito informativo e que não dispensa o acompanhamento pré-natal. Muito pelo contrário: nós da Bebeteca sempre incentivamos a ida ao médico para garantir que tudo ocorrerá bem com sua gestação e que seu bebê chegará ao mundo com muita saúde. Portanto, vá ao médico e siga todas as recomendações passadas por ele.

E se caso você quiser saber as principais informações das próximas semanas gestacionais basta continuar acompanhando o nosso blog. Nos próximos dias divulgaremos os posts referentes as 34 a 40 semanas de gravidez e te esperamos por aqui. Até a próxima!

Maria Luísa, publicitária formada em 2016 com ênfase em planejamento e redação. Durante minha carreira como redatora, já escrevi sobre diversos assuntos, porém os que mais me identifico são os voltados para o público feminino, em especial sobre maternidade e beleza. Em meu tempo vago, me tornei mãe de pet, amante da moda, esporte e arte. Essa sou eu! Prazer, Malu! (:

Deixe um comentário