1 Semana de Gravidez

A 1 semana de gravidez apresenta sintomas muito sutis e são poucas as mulheres que conseguem identificar a gravidez logo nos primeiros dias de gestação. Por outro lado, a nível hormonal esses primeiros dias após a fecundação são os que mais ocorrem mudanças, uma vez que o organismo interrompe o ciclo menstrual constante a qual ele já estava habituado.

Devido a essas mudanças hormonais bruscas que ocorrem no corpo feminino, há aquelas mulheres que sentem alguns sintomas na 1 semana de gravidez que podem inclusive serem confundidos com a famosa TPM (tensão pré-menstrual). Dentre esses sintomas podemos citar: cólica abdominal, cansaço excessivo, aumento da sensibilidade nas mamas, repulsa a cheiros fortes, variações de humor, entre outros.

Criamos esse post para te ajudar a entender melhor sobre a 1 semana de gravidez sintomas e o que acontece nos primeiros dias após a fecundação. Vem com a gente.

1 semana de gravidez sintomas

Ainda que sutis, há alguns sintomas que podem aparecer durante a 1 semana de gravidez. Vale lembrar que nem todas as mulheres irão senti-los ou percebê-los. Confira abaixo quais são os principais sintomas:

Cólicas abdominais

As cólicas abdominais são bem recorrentes no dia-a-dia da maioria das mulheres principalmente nos períodos onde há maior alteração hormonal, como acontece na gravidez ou durante a menstruação. Porém, diferente da menstruação, no caso da gravidez as cólicas não costumam vir acompanhadas de sangramento vaginal.

Nos primeiros dias da gravidez é comum que as mulheres sintam, além das cólicas abdominais, um inchaço na barriga maior que o de costume. Mas não se engane: esse inchaço ainda não tem nenhuma relação com o feto, pois o mesmo ainda está em fase embrionária microscópica. Isso ocorre devido aos hormônios que estão no tecido do útero e espalhados em todo o aparelho reprodutor feminino.

Cansaço excessivo

Embora esse sintoma seja mais comum após a 3 ou 4 semana de gravidez, há algumas mulheres que começam a sentir um cansaço inexplicável logo após a fecundação. Esse sintoma está relacionado ao aumento do hormônio progesterona no organismo, ocasionando como efeito colateral um cansaço e sonolência fora do comum.

Aumento de sensibilidade nas mamas

O tecido mamário é um dos tecidos mais sensíveis às alterações hormonais e, por isso, esse é considerado o sintoma mais fácil de perceber na 1 semana de gravidez e faz com que as mamas sejam um dos primeiros locais do corpo a se prepararem para a gestação.

Além da sensibilidade, é comum que as grávidas percebam alteração nos mamilos e aréolas, podendo haver inclusive alteração na cor das mesmas.

Repulsa a cheiros fortes

Outro sintoma que pode aparecer durante a 1 semana de gravidez é a repulsa a cheiros fortes. E isso se explica devido aos altos níveis de hormônios no organismo, fazendo com que a mulher fique mais sensível a determinados odores, como: perfumes, gasolina, cigarro, alguns alimentos, entre outros.

Esse sintoma não é facilmente percebido e possivelmente será ignorado pela maioria das mulheres até o momento da confirmação da gravidez através da realização do teste de gravidez.

Variações de humor

As variações de humor fazem com que as mulheres se sintam extremamente felizes em um momento e, logo em seguida já se sintam tristes ou até bastante irritadas. Esse sintoma também pode ser explicado devido a oscilação dos hormônios no organismo e, assim como a repulsa por cheiros fortes, pode ser facilmente ignorado pela maioria das mulheres até a confirmação da gestação.

Qual é a 1 semana de gravidez?

entenda como funciona a contagem da gravidez
Entender como funciona a contagem da gravidez desde a 1 semana é essencial para que você acompanhe sua gestação com assertividade.

Essa é uma resposta polêmica e bem difícil de ser compreendida pelas mamães de primeira viagem. Afinal, se for olhar pelo lado lógico, a 1 semana de gravidez deveria ser, de fato, a 1 semana e ponto final. Mas, pelos cálculos dos obstetras, não é bem assim que funciona. Os médicos consideram o início da 1 semana de gravidez logo no primeiro dia da última menstruação, ainda que a mulher não esteja de fato grávida nesse período.

Se formos tentar compreender os cálculos da mulher, em que a 1 semana de gravidez são os primeiros sete dias imediatamente após a fecundação do óvulo, dá uma diferença de aproximadamente 14 dias quando comparado ao cálculo do obstetra. Por exemplo: a idade gestacional do médico acontece durante a última menstruação que ocasionalmente ocorreu duas semanas antes da fecundação.

No final das contas, a 1 semana de gravidez acontece, no ponto de vista médico, na 3ª semana de gestação ou na 3ª semana após a última menstruação.

Quanto tempo dura uma gravidez?

A gestação possui ao todo 40 semanas, ou seja, nove meses. Portanto, a partir do momento que você descobre a gravidez e começa o pré-natal o seu médico já poderá prever uma data para o seu parto. Mas lembre-se: é muito provável que haja um erro de aproximadamente duas semanas dessa data devido aos cálculos que são feitos para estimar a 1 semana de gravidez.

1 semana de gravidez: como saber se estou grávida?

Para confirmar ou não uma gravidez é essencial que você realize um teste de sangue (Beta-hCG) ou teste de farmácia. Entretanto, ainda que você já esteja com sintomas da 1 semana de gravidez e desconfiada que esteja grávida, o ideal é esperar o atraso menstrual antes de realizar o teste para confirmar. Isso porque embora os testes de sangue e de farmácia sejam altamente eficazes, se realizados antes da hora corre grande risco de haver um falso negativo.

Então mesmo que você esteja muito ansiosa para saber do resultado, tente aguardar o período certo para a realização do exame a fim de descobrir se você está realmente grávida ou não.

Ah, e outra dica é que ainda após o atraso menstrual pode acabar ocorrendo falso negativo devido ao baixo nível de hormônio presente no sangue ou na urina ainda nos primeiros dias da gestação. Se o seu primeiro exame der negativo e você ainda desconfiar da gravidez, o ideal é refazer o exame dentro de cinco a sete dias para que os níveis do hormônio estejam mais elevados e você conseguir confirmar ou não se o seu primeiro resultado estava correto.

Quando devo começar o pré-natal?

O pré-natal (acompanhamento médico gestacional) deve ser iniciado assim que você confirmar a gravidez. Ou seja, logo após a ausência da menstruação você já deve realizar um exame e, caso o mesmo seja positivo, você deve imediatamente buscar um médico especialista para te acompanhar durante toda a sua gestação.

As consultas do pré-natal normalmente acontecem uma vez ao mês até a 28ª semana de gestação, quinzenalmente entre a 28ª e 36ª semana e semanalmente a partir da 37ª semana de gestação. Salvo exceções em que o médico queira acompanhar a gravidez com uma frequência ainda maior.

A barriga já aparece na 1 semana de gravidez?

barriga com 1 semana de gravidez
Com 1 semana de gravidez ainda não é possível ver a saliência da barriga de gestante.

Como foi dito acima, na 1 semana de gestação o feto ainda está na fase embrionária microscópica e, com isso, não há a possibilidade de surgimento de barriga na 1 semana de gravidez. Porém, o que as mulheres podem sentir é um inchaço na região abdominal que tem a ver com os hormônios instalados no útero que se expandem em todo o aparelho reprodutor feminino e que pode ser confundido com o aparecimento da 1 semana de gestação barriga.

Por sua vez, a saliência da barriga da gestante normalmente começa a ser notada a partir da 16ª a 20ª semana, que equivale ao quarto e quinto mês de gravidez. E em mulheres que já tiveram grávidas anteriormente a barriga tende aparecer antes desse período, aproximadamente na 12ª semana.

Quais cuidados devo tomar na 1 semana de gestação?

Ainda que você não possa confirmar a gravidez na 1 semana de gestação e, por isso, esteja cedo para começar o pré-natal, há alguns cuidados que você já pode começar a tomar para garantir muito mais saúde para você e para o seu bebê desde os primeiros dias da gestação. Estão entre esses cuidados na 1 semana da gravidez:

  • Ter uma alimentação saudável e balanceada;
  • Manter uma boa hidratação;
  • Tomar suplementação de ácido fólico (essencial para o desenvolvimento embrionário e fetal, diminuindo os riscos de malformações neurais);
  • Aumentar o consumo de vitamina B (evita o aborto espontâneo e favorece o desenvolvimento correto do feto).

Enfim, percebe-se que embora a 1 semana de gravidez passe imperceptível pela maioria das mulheres, é um assunto que gera bastante dúvidas e que é de extrema importância para a gestação, para a mamãe e para o bebê, pois são nos primeiros dias que ocorre a fecundação e que o feto começa a se desenvolver.

Portanto, se você está com intenção de engravidar ou está desconfiada que esteja grávida, não deixe de seguir as dicas que expomos nesse artigo para garantir muito mais saúde e bem-estar para você e para seu bebê desde os primeiros dias da gravidez.

Ficou com alguma dúvida referente a esse assunto? Comente nesse post para que possamos esclarecê-la.

Ah, e caso você queira mais dicas como essa a respeito da gestação e maternidade, continue acompanhando o nosso blog!

Nos vemos por aqui! Até a próxima.

Deixe um comentário